Presídios do DF têm 590 detentos e 211 policiais infectados por coronavírus

Publicado em 22/05/2020 as 17:29

O Distrito Federal registrou uma explosão no número de casos da Covid-19 em oito unidades do sistema prisional, com 801 contaminados até esta quinta-feira (21), segundo dados da Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe) e da Secretaria de Saúde.

No total, 211 policiais penais e 590 detentos estão com coronavírus. Pelo menos duas pessoas – um servidor e um preso – morreram em decorrência da doença. O policial é Francisco Pires de Souza, de 45 anos, que faleceu no último domingo (17). Já o detento é Álvaro Henrique do Nascimento Sousa, de 32 anos. Ele morreu na terça-feira (19).

‌Além dos casos nos presídios administrados pelo governo do DF, a Penitenciária Federal de Brasília registrou também um detento infectado pelo coronavírus. De acordo com o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), o preso chegou de Pernambuco na última segunda (18).

A Sesipe afirma que, dos policiais penais contaminados, quatro estão internados: um no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) e três na rede privada. “Os demais apresentam sintomas moderados e foram afastados das atividades”, diz a subsecretaria. Ainda de acordo com a pasta, 119 estão recuperados e voltaram ao trabalho.

‌A secretaria, no entanto, não divulgou os locais onde estão os presos contaminados.

*Revista Fórum